Trombose Venosa Profunda

A trombose venosa profunda (TVP) A� o desenvolvimento de um trombo (coA?gulo de sangue) dentro de um vaso sangA?A�neo venoso com conseqA?ente reaA�A?o inflamatA?ria do vaso, podendo, esse trombo, determinar obstruA�A?o venosa total ou parcial.

A TVP A� relativamente comum e A� responsA?vel por seqA?elas de insuficiA?ncia venosa crA?nica: dor nas pernas, edema (inchaA�o) e A?lceras de estase (feridas). AlA�m disso, a TVP A� tambA�m responsA?vel por outra doenA�a mais grave: a embolia pulmonar.

CAUSAS:A� ESTASE VENOSA, LESA?O DO VASO E HIPERCOAGULABILIDADE.

Estase venosa:

SituaA�A�es em que hA? diminuiA�A?o da velocidade da circulaA�A?o do sangue. Por exemplo: pessoas acamadas, cirurgias prolongadas, posiA�A?o sentada por muito tempo (viagens longas em espaA�os reduzidos – aviA?o, A?nibus).

A�LesA?o do vaso:

O vaso sangA?A�neo normal possui paredes internas lisas por onde o sangue passa sem coagular. LesA�es, rupturas na parede interna do vaso propiciam a formaA�A?o de trombos, como, por exemplo, em traumas, infecA�A�es, medicaA�A�es endovenosas.

Hipercoagulabilidade:

SituaA�A�es em que o sangue fica mais suscetA�vel A� formaA�A?o de coA?gulos espontA?neos, como por exemplo, tumores, gravidez, uso de anticoncepcionais, diabete, doenA�as do sangue.

Embora possa acometer vasos de qualquer segmento do organismo, a TVP acomete principalmente as extremidades inferiores (coxas e pernas).

SINTOMAS

Os sintomas da TVP variam muito, desde clinicamente assintomA?tico (cerca de 50% dos casos de TVP passam desapercebidos) atA� sinais e sintomas clA?ssicos como aumento da temperatura local, edema (inchaA�o), dor, empastamento (rigidez da musculatura da panturrilha).

DIAGNA�STICO

Quando a TVP se apresenta com sinais e sintomas clA?ssicos A� facilmente diagnosticada clinicamente. Na maioria das vezes isso nA?o acontece e sA?o necessA?rios exames complementares especA�ficos, tais como: ecodoppler a cores e flebografia( atualmente muito pouco utilizada).

TRATAMENTO

No tratamento da TVP visa-se prevenir a ocorrA?ncia de embolia pulmonar fatal, evitar a recorrA?ncia, minimizar o risco de complicaA�A�es e seqA?elas crA?nicas. Utilizam-se medicaA�A�es anticoagulantes (que diminuem a chance do sangue coagular).

O fato de a TVP ocorrer em pacientes hospitalizados que ficam muito tempo acamados ou em cirurgias grandes faz com que a prevenA�A?o seja necessA?ria. Portanto, nestes casos, utilizam-se medicaA�A�es anticoagulantes em baixas doses para prevenir a TVP.

JA? para pessoas em geral o simples fato de caminhar jA? A� uma forma de prevenA�A?o. Ficar muito tempo parado, sentado propicia o aparecimento de TVP. Portanto, sempre que possA�vel, nA?o ficar muito tempo com as pernas na mesma posiA�A?o. Para os que jA? tem insuficiA?ncia venosa e, por conseguinte, maior risco de trombose, o uso de meias elA?sticas A� recomendado.

  • Unidades ABC

    Santo André:
    Tel/Fax: (11) 4997-6054 / 4997-5092
    Av. Alfredo Maluf, 455 6º Andar - Sala 62
    Camilópolis - Santo André - SP
    Veja o mapa

    São Bernado do Campo:
    Tel/ Fax: (11) 4125-7656 / 4123-1462
    Rua Mediterrâneo, 290 5º Andar - Cj. 56
    Jardim do Mar - São Bernardo - SP
    Veja o mapa

  • Unidade São Paulo

    Tatuapé:
    Tel: (11) 2227-5021 / 2293-3021
    Rua Coronel Joaquim Antonio Dias, 316-A
    Tatuapé - São Paulo - SP
    Veja o mapa

  • Curta nossa página no Facebook